Case

Rudy Ricciotti vence o Colored Concrete Works Award 2017

O renomado arquiteto ganhou o primeiro lugar com o projeto do Museu das Civilizações da Europa e do Mediterrâneo (MuCEM), situado em Marselha, sul da França. O tom cinza-escuro da estrutura de concreto foi proporcionado pelos pigmentos de óxido de ferro Bayferrox da LANXESS, empresa de especialidades químicas organizadora do prêmio internacional de arquitetura

Um total de 1.100 metros cúbicos de concreto pré-fabricado e 250 metros cúbicos de concreto produzido in loco foi utilizado na construção do Museu das Civilizações da Europa e do Mediterrâneo, um dos 50 mais visitados do mundo. Autor do projeto, o arquiteto francês de origem argelina Rudy Ricciotti decidiu colorir totalmente o material com os pigmentos Bayferrox 330 e Bayferrox 318 da LANXESS - que têm excelente estabilidade à luz e resistência às intempéries -, visando garantir a durabilidade da superfície caracterizada como uma malha arejada.

O edifício quadrado inaugurado em 2013 está localizado no antigo porto de Marselha, o que o deixa exposto a influências climáticas, como o ar úmido e salgado do oceano e o excesso de sol. Além de estarem adequados ao tempo de vida útil esperado do concreto, ou seja, pelo menos 100 anos, os pigmentos coloridos da LANXESS permitiram que a obra não competisse com as muralhas do forte adjacente, mas que se destacasse do seu entorno histórico ao apresentar um tom cinza-escuro.

Definido como um símbolo da simbiose entre tradicional e moderno por Joerg Hellwig, líder global da unidade de negócios de Pigmentos Inorgânicos (IPG) da LANXESS, o MuCEM foi o projeto vencedor da terceira edição do Colored Concrete Works Award por seu significado, função e cor.

A cerimônia de premiação foi realizada em maio deste ano em Berlim, Alemanha. Em segundo e terceiro lugares ficaram Nils Buschmann e Tom Friedrich, com o “Residential buildings at the Old Locomotive Depot”, na capital alemã, e o professor Vasáros Zsolt, com o museu Spectacle Rudapithecus of Monkey Island em Rudabánya, Hungria. A iniciativa da LANXESS busca homenagear obras arquitetônicas únicas, além de enfatizar a flexibilidade e as possibilidades do concreto colorido.  Podem participar arquitetos com edificações em qualquer lugar do mundo, desde que essas sejam em concreto colorido com pigmentos inorgânicos de óxido de ferro ou cromo, e não tenham mais de 5 anos.

Em 2012, o Colored Concrete Works Award concedeu seu primeiro prêmio a David Chipperfield pelo projeto “Ciutat de la Justícia” em Barcelona, Espanha. O vencedor de 2015 foi o arquiteto e designer de interiores japonês Akihisa Hirata, com o complexo de apartamentos “Alp” em Akabane-Nishi, Tóquio.

www.bayferrox.com.br
0800-132822

Texto de | Publicada originalmente em Projeto Design na Edição 438
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora