AsBEA 2016 - Prêmio Especial do Júri

Arquitetura para a arte

Uma construção que se mostra através de suas fachadas de tijolos aparentes, imersas em zona densamente arborizada. Com essa característica marcante, o projeto da Galeria Claudia Andujar - no Centro de Arte Contemporânea de Inhotim -, de autoria 
do escritório Arquitetos Associados, foi condecorado como vencedor do Prêmio do Júri, uma novidade desta edição do Prêmio AsBEA

Nas edições recentes desta premiação, foram sendo implantadas inovações visando o diálogo do certame com um público ampliado, que inclui escritórios não associados e a distinção de jovens profissionais. Neste ano, outro passo foi dado nesse sentido, concedendo-se ao júri a autonomia para condecorar uma obra que, embora não inscrita, tenha, em sua leitura, relevância para a arquitetura brasileira. Trata-se, assim, do Prêmio Especial do Júri.

E quem garantiu a láurea nesta edição inaugural foi o escritório mineiro Arquitetos Associados, pelo projeto da Galeria Claudia Andujar, em Inhotim, Minas Gerais.
Inaugurada no final de 2015, a galeria é o quinto trabalho da equipe a ser implantado no centro de arte contemporânea - consideradas formações diversas da titularidade atual do escritório: Alexandre Brazil, André Luiz Prado, Bruno Santa Cecília, Carlos Alberto Maciel e Paula Zasnicoff Cardoso. E, como nos demais, sua arquitetura resulta da relação do edificado com a paisagem, com a obra do artista e o projeto curatorial.

O espaço, dedicado à produção da fotógrafa suíça radicada no Brasil, que registra a vivência de índios Yanomamis, tem linguagem que remete à dinâmica da natureza. Mais especificamente à luminosidade filtrada da mata, com fachos de luz alternados a zonas sombreadas em aparente desordem visual. A galeria, assim, é revestida com tijolos requeimados, paginados de forma a criar uma espécie de rendilhado que simula a sucessão aleatória de reflexos com áreas escurecidas. Não tão aleatória assim, na realidade, pois os arquitetos criaram padrões de assentamento dos tijolos, onde faixas verticais de alto relevo são alternadas às sequências distintas dos blocos.

Implantada em uma encosta arborizada, a galeria é acessível por meio de uma trilha em meio às árvores e se desenvolve em pavimento único, alternando-se salas expositivas (três núcleos) com pátios abertos. A visão do exterior é também possível através de frestas verticais - afastamentos entre as fachadas - e poucas janelas. A construção está em parte assentada sobre o solo e em parte suspensa, o que gera aparência ambígua, discreta em certos enquadramentos, mas marcante em outras visadas.

Analisada em conjunto com as demais obras do Arquitetos Associados em Inhotim, a Galeria Claudia Andujar evidencia a capacidade dos arquitetos em criarem uma arquitetura que se relaciona com a arte e a natureza de forma eloquente.

ARQUITETOS ASSOCIADOS

Texto de | Publicada originalmente em Projeto Design na Edição 434
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora