PERFIL: aflalo/gasperini

Escola viva

A relação entre os espaços abertos com os edificados, resultaram em uma escola horizontal e de natureza contemplativa

Ficou pronta a primeira fase da obra da segunda unidade da St. Nicholas School, projetada pelos arquitetos do aflalo/gasperini e que já foi tema de matéria aqui na PROJETO, em sua etapa de concepção (leia edição 418, de janeiro/fevereiro de 2015). Além das necessárias movimentações de terra, estão implantados os conjuntos de ensino infantil (alunos até 5 anos) e fundamental (faixa etária de 6 a 14 anos), localizados na parte frontal do lote.

Trata-se de uma escola horizontal e de natureza contemplativa, resultado da importante relação que há entre os espaços abertos com os edificados. As salas de aula, assim, agrupadas nos três períodos educacionais, estão dispostas em torno de pátios, cada qual com suas características peculiares (dimensões, paisagismo e tipos de equipamentos) a fim de criar a identidade dos ciclos sequenciais da escola. Segundo os autores, é importante que o aluno vivencie ambiências diversas conforme passa de uma série para outra.

Os vários conjuntos arquitetônicos - além destes dois, prontos, haverá ainda um terceiro volume didático, de ensino médio, mais um para artes e o grande ginásio esportivo – se organizam linearmente no terreno, dispostos de ambos os lados do futuro eixo central de circulação.

Também o diversificado programa teve rebatimento formal, ou seja, cada tipo de espaço tem características únicas, como a angulação de paredes, as rotações das aberturas e a presença de planos e pilares inclinados, de modo a criar múltiplas possibilidades de experiências didáticas. Isso deriva, inclusive, da forma aproximada de X das implantações dos blocos. Porém, há um modelo recorrente na relação das salas de aula com os acessos e espaço exterior.

Ou seja, elas são ladeadas por corredor contínuo e, na face oposta, por varanda coberta onde se praticam atividades artísticas. O primeiro espaço é iluminado por clarabóia, e o segundo por pergolado de concreto, possibilitando a entrada controlada de luz natural nas salas de aula - o pé direito é maior na varanda devido ao perfil inclinado da construção. Outra característica do projeto é haver, no cruzamento entre as alas em X das salas de aula, espaços envidraçados, dedicados a usos especiais.

Destaca-se, por fim, o fato das edificações estarem minimamente suspensas do solo, através de um avanço que configura a volumetria de um banco. Tal desenho confere, formalmente, maior leveza à arquitetura e, em termos funcionais, ajuda a controlar a permanência das crianças no perímetro das salas de aula.



Ficha Técnica

ST. NICHOLAS SCHOOL
Local Santana de Parnaíba, SP
Data do início do projeto 2012
Data da conclusão da obra 2016
Área do terreno 63.944 m²
Área construída prevista 28.567 m²
Área construída (fase 1) 5.690m² (33 salas de aula, 6 salas multidisciplinares, 4 blocos de banheiros)

Arquitetura - aflalo/gasperini arquitetos - Luiz Felipe Aflalo Herman, Roberto Aflalo Filho, Grazzieli Gomes e José Luiz Lemos (autores); Marcio Orsi (coordenador); Alan Lima de Holanda, Ana Beatriz Palma, Bruno Vargas, Daniela Hummel Mungai, Eduardo Mizuka, Felipe Sato, Gustavo Oliveira, Joon Park, Juliana Papis Baldocchi, Gabriel Braga, Gabriela Santos, Gustavo Oliveira, Kenzo Abiko, Marcelo Nagai, Marina Malagolini, Mario Tavares, Reginaldo Okusako, Ruben Millon (colaboradores)
Construção Libercon
Paisagismo EKF Arquitetura de exteriores
Interiores Michaelis Arquitetura
Luminotécnica Mingrone Iluminação
Fotos Ana Mello

Texto de Evelise Grunow| Publicada originalmente em Projeto Design na Edição 434
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora