Exposições discutem abandono do espaço público paulistano

“Chacina de Luz” e “Monumento Nenhum” intitulam as duas instalações que se utilizam de restos de monumentos paulistanos para discutir sobre o esquecimento dos espaços públicos da cidade de São Paulo


“Monumento Nenhum”, Giselle Beiguelman (Foto: Ana Ottoni)

Entre 4 de maio e 1º de setembro de 2019 estarão expostas, no Solar da Marquesa e Beco do Pinto, respectivamente, as duas instalações “Chacina da Luz” e “Monumento Nenhum”, da artista e professora da FAU - USP, Giselle Beiguelman. Ambas objetivam discutir o que está por trás do esquecimento do espaço público da cidade de São Paulo.

A primeira, composta por 8 esculturas fragmentadas que se localizavam no lago Cruz de Malta, no Jardim da Luz, reproduz a cena de destruição das obras de arte após um movimento de vandalismo ocorrido em 2016. Já a segunda, é fruto do empilhamento de bases e fragmentos de monumentos anteriormente guardados no Depósito do Departamento do Patrimônio Histórico - DPH, que fazem refletir sobre sua importância no tocante ao que sustentavam, de onde eram provenientes e por qual motivo foram desmontados.

“As duas instalações invertem o lugar da arte no campo das políticas públicas de memória. Ao invés de ser seu objeto, a arte aqui pensa essas políticas, sugerindo um debate sobre a produção social das estéticas da memória e do esquecimento no espaço público.”, explica Giselle Beiguelman.

As exposições são promovidas em parceria com o Departamento do Patrimônio Histórico - DPH e o Museu da Cidade de São Paulo - rede de casas históricas distribuídas pela cidade que se destinam ao fomento à cultura -: “São projetos que se fazem em diálogo e refletindo sobre as políticas públicas de memória e patrimônio. Não são feitos apenas a partir de autorização de uso das peças e de entrada nos depósitos, mas também a partir do intercâmbio e negociação de pontos de vista e motivações”, afirma Beiguelman.


Exposições “Chacina da Luz” e “Monumento Nenhum”
Local Solar da Marquesa de Santos – Museu da Cidade
Endereço rua Roberto Simonsen, 136, Centro - São Paulo - SP
Abertura 4 de maio, sábado, às 11 horas
Período expositivo 4 de maio a 1º de setembro de 2019
Horário terça-feira a domingo, das 10 às 17 horas
Telefone (11) 3105 - 6118
Serviço educativo educativomuseudacidade@gmail.com
Entrada livre e gratuita



Publicada originalmente em ARCOweb em 02 de Maio de 2019
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora