Santini e Rocha Arquitetos: Edifício institucional, Porto Alegre

Desenhado para a troca de saberes

Revestimentos metálicos, vidro e concreto aparente são materiais que preponderam na composição plástica de sede de sindicato

A atual sede do Sindicato Intermunicipal dos Professores de Instituições Federais de Ensino Superior do Rio Grande do Sul (ADUFRGS-Sindical), em Porto Alegre, foi projetada pelo escritório Santini & Rocha Arquitetos. Localizada no Jardim Botânico, a elegante edificação de quatro pavimentos desenhada com a intenção de estimular o convívio e a troca de saberes ocupa um terreno de testada estreita e lateral aprofundada onde estão as principais aberturas do edifício.

Foi em 2011 que o então Sindicato dos Professores das Instituições Federais de Ensino Superior de Porto Alegre (em 2016 ele tornou-se Sindicato Intermunicipal dos Professores de Instituições Federais de Ensino Superior do Rio Grande do Sul – ADUFRGS-Sindical), adquiriu o terreno, na rua Barão do Amazonas, no bairro Jardim Botânico em Porto Alegre para construir sua nova sede. Quatro anos depois, a entidade deu início às obras após ter contratado Santini & Rocha Arquitetos, tradicional escritório daquela capital, para projetar a edificação que a entidade ocupa desde meados do ano passado.

Na mensagem que dirigiu aos associados na inauguração, Maria Luiza Ambros von Holleben, presidente da ADUFRGS-Sindical, observou que a instalação anterior (na rua Otávio Correa) tivera capacidade esgotada e não mais comportava o atendimento ao crescente número de associados. Em 2016, quando se se tornou intermunicipal, a instituição incluiu também em seus quadros professores dos novos campi da UFRGS, da UFCSPA, do IFRS e do Instituto Federal Sulriograndense, ampliando sua abrangência para as cidades de Alvorada, Bento Gonçalves, Canoas, Caxias do Sul, Charqueadas, Farroupilha, Feliz, Osório, Sapucaia do Sul, Tramandaí e Viamão.

“Para nós é um privilégio estar atendendo aos anseios de muitos professores que sonharam e contribuíram, com seu trabalho e dedicação, para que o sindicato crescesse, se consolidasse e pudesse construir esta sede com suas múltiplas potencialidades e beleza, construído com um planejamento cuidadoso”, discursou a presidente. Maria Luiza tinha, efetivamente, razões para referir-se à edificação destacando suas potencialidades e beleza. Embora não seja uma grande massa edificada - possui 2300 metros quadrados de área construída - o conjunto projetado por Santini Rocha chama a atenção pela serena elegância.

Responsável por boa parte das edificações implantadas nas últimas décadas no campus de Porto Alegre da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (veja PROJETO 267 e PROJETO 382), o estúdio fundado há mais de trinta anos pelos arquitetos Cícero Santini e Henrique Rocha, desenhou para a ADUFRGS-Sindical uma edificação horizontal de quatro pavimentos que se estende no sentido longitudinal do terreno (as aberturas envidraçadas estão voltadas para a lateral da edificação) que possui testada relativamente estreita e laterais aprofundadas – no fundo do lote, o volume do auditório se acopla à edificação.

“O projeto evidencia a ideia de que o prédio seja frequentado por associados, como um convite ao convívio e troca de saberes” escrevem os autores no memorial. Na avaliação do escritório, o projeto apresenta um partido arquitetônico moderno, o que pode ser identificado na escolha dos materiais. Revestimentos metálicos, vidro e concreto aparente são preponderantes na composição plástica. “Conceitos de modernidade também podem ser observados no planejamento da acessibilidade e nos princípios de sustentabilidade adotados, como, por exemplo, a implantação de bacia de contenção de água da chuva e cobertura vegetal”, acrescentam os arquitetos.

A proposta de que o conjunto se preste ao convívio e à troca e, portanto, seja convidativo ao ingresso manifesta-se sobretudo no pavimento térreo, que é parcialmente em pilotis. O volume do auditório (com capacidade para 180 pessoas para a realização de palestras, seminários e workshops) destaca-se da edificação principal pelo contraponto cromático de sua empena avermelhada. O programa que o escritório distribuiu no edifício abrange, além da garagem no subsolo (para 30 veículos), salão de festas na cobertura, salas administrativas e biblioteca.



Ficha Técnica

ADUFRGS-Sindical
Local
Porto Alegre, RS
Data do início do projeto 2012
Data de conclusão da obra 2016
Área do terreno 766,60 m²
Área construída 2300 m²

Arquitetura Santini e Rocha Arquitetos - Cícero Santini e Henrique Rocha (autores)
Estruturas Simon Engenharia
Ar condicionado Sistema Engenharia Térmica
Elétrica e hidráulica FB Assessoria e Projetos
Construção MSR Engenharia
Fotos Marcelo Donadussi

 

Fornecedores

Hunter Douglas (revestimentos), Tarkett (piso vinílico)

Publicada originalmente em ARCOweb em 10 de Fevereiro de 2017
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora