MM18 Arquitetura: Edifício corporativo, SP

Arquitetura de autor em meio à racionalidade construtiva

Neste projeto para um edifício de escritórios localizado nas imediações de São Paulo – na zona comercial do condomínio Alphaville – Mila Strauss e Marcos Caldeira, do MM18 Arquitetura, reafirmam a sua habilidade em trafegar nas várias escalas e áreas de conhecimento da arquitetura. Pois se a sua trajetória profissional é marcada por projetos em que são protagonistas os interiores da edificação, mesclando alta tecnologia e personalização dos ambientes, também quando criam a edificação, esses jovens arquitetos imprimem a sua marca.

A escolha e a paginação dos materiais externos, assim, desde o revestimento em chapa metálica ondulada até a verticalidade dos caixilhos envidraçados, criam o grafismo que destaca visualmente o prédio.

A Nova Quest é uma construção de três pavimentos mais térreo, e lajes que medem cerca de mil metros quadrados – algo pouco frequente na região, assinalam os arquitetos. Cada andar pode ser dividido em duas grandes salas comerciais ou utilizado integralmente pelo mesmo escritório.

A geometria irregular do terreno reverbera na volumetria da edificação, cuja face frontal - paralela à via de acesso - é inclinada em relação à divisa de fundos. Uma vez que as demais fachadas são também paralelas aos limites do lote, cria-se, assim, o ângulo agudo que caracteriza a edificação. Também externamente se percebem as sutis diferenças de área construída dos pavimentos, na forma de avanços nas fachadas.

Tendo em vista a demanda do cliente por uma construção veloz, os arquitetos especificaram o sistema pré moldado de concreto que, contudo, atende à assimetria da arquitetura. Primeiro foram montados os pilares (fabricados na altura total do prédio), depois as vigas e, finalmente as lajes, numa sequência à imagem de um quebra-cabeças. Construído nos moldes de um galpão, o Nova Quest foi uma obra de baixo custo. 

No térreo, foram instalados restaurantes, lojas e outros comércios. Quanto aos materiais, além do vidro – para aproveitar a luz natural –, foram utilizados também telhas metálicas e elementos vazados em concreto. O projeto luminotécnico é do MM18, que adotou eletrocalhas amarelas para destacar a iluminação do prédio. 



Ficha Técnica

Edifício Nova Quest
Local Alphaville, São Paulo
Ano 2016

Arquitetura MM18 Arquitetura - Mila Strauss e Marcos Paulo Caldeira (autores); Fabiane Sakai (coordenação); Paulline Clemente e Renato Martinelli (equipe)
Fotos Pedro Vanucchi 

Publicada originalmente em ARCOweb em 09 de Junho de 2017
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora