Brises de madeira marcam hotel de luxo assinado por Kengo Kuma

Uso de elementos de madeira e vidro predomina tanto na fachada quanto nas estruturas e na decoração dos interiores

A ser construído na China, o “Yunnan Hotel” foi concebido como um complexo de lazer e entretenimento que abrigará um hotel, spa, chalés privativos, lojas, restaurantes e um centro comercial.

O projeto, desenvolvido pelo arquiteto japonês Kengo Kuma, ocupará um terreno de 10 mil metros quadrados na encosta de uma montanha.

Brises de madeira dispostos em zigue-zague envolvem a fachada do hotel, enquanto telhas acinzentadas forram a cobertura dos volumes. Uma piscina sinuosa funciona, ao mesmo tempo, como elemento divisor e conector de espaços, permitindo que as construções ocupem o lote com fluidez.

Instalações são organizadas ao redor de um pátio interno, que proporciona vistas panorâmicas da paisagem dos arredores por meio de amplos painéis de vidro. “Demais adornos como o revestimento em camadas do restaurante serão realizados de acordo com as características estéticas adotadas pelo arquiteto”, afirmam os responsáveis pelo projeto.

O programa prevê a continuidade do uso de elementos de madeira e vidro nos ambientes internos, que contam com decoração simples, também assinada por Kengo Kuma.

Publicada originalmente em ARCOweb em 26 de Junho de 2014
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora