Resultado do concurso para praça Central em Guaratuba, PR

O projeto vencedor valorizou monumentos existentes e apresentou uma unidade conceitual e espacial para a área

Revitalizar a praça Central - cujo nome oficial é Coronel Alexandre Mafra - em Guaratuba, cidade do litoral paranaense, foi o objetivo do concurso público de arquitetura organizado pelo Instituto de Arquitetos do Brasil Departamento do Paraná (IAB/PR) com apoio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo daquele estado (CAU/PR).

Os organizadores informam que a praça Central abrange uma área de construção estimada em 10 mil metros quadrados. Os recursos disponíveis para a primeira fase de execução das obras são de R$ 750 mil. Para a sua aplicação, os projetos executivos deverão ser aprovados pela Prefeitura Municipal de Guaratuba e protocolados junto à Caixa Econômica Federal.

Entre as 41 propostas recebidas, os jurados Fausto André da Mota, Mirna Cortopassi Lobo e João Virmond Suplicy Neto selecionaram como ganhador do primeiro lugar o projeto dos arquitetos Arthur Eduardo Becker Lins, Felipe Cemin Finger, Vitor Sadowski, Camilla Sbeghen Ghisleni, Gabriela Fernandes Favero, Júlia de Fáveri e Laura Rotter Schmidt, de Florianópolis. O júri considerou decisiva “a valorização visual e simbólica da Igreja de Nossa Senhora do Bom Sucesso. Para isso, foi considerada, primordialmente, a planta da própria Praça, em desenho de 1815”, conforme consta na ata de julgamento divulgada pela organização.

Ainda de acordo com a comissão julgadora, a proposta vencedora apresentou uma “interessante unidade conceitual e espacial, fazendo toda a solução da praça derivar de uma grelha modular. A ortogonalidade desta grelha unifica, inclusive, a história da praça, na medida em que se trata de solução contemporânea, ao mesmo tempo em que se relaciona de maneira criativa com a própria ortogonalidade história das urbes fundadas por espanhóis e portugueses na América, tal como Guaratuba”, descreve o texto, salientando também a qualidade de desenho do equipamento urbano proposto, dotados de formas puras e discretas que distinguem as soluções do momento presente em relação ao legado histórico.

O vencedor assinará contrato com a prefeitura para desenvolver o projeto executivo de agenciamento e paisagismo, projetos complementares e compatibilização dos projetos, devendo receber R$ 50 mil reais pelo trabalho. Também foram consagrados projetos em segundo e terceiro lugar, além de uma menção honrosa. Conheça abaixo todos os contemplados:

1º LUGAR (na galeria acima)
Autor: Arthur Eduardo Becker Lins
Equipe: Felipe Cemin Finger, Vitor Sadowski, Camilla Sbeghen Ghisleni,
Gabriela Fernandes Favero, Júlia de Fáveri e Laura Rotter Schmidt
Local: Florianópolis, SC

2º LUGAR

Autor: Erick Rodrigo da Silva Vicente
Equipe: Fernanda Ruggeri Savietto e Silvia Georgiew Seabra
Local: São Paulo, SP

3º LUGAR

Autor: Luiz Gustavo Grochoski Singeski
Equipe: Isabela Maria Fiori, Felipe Guandelini e Frederico Francesco de Lucas
Local: Curitiba, PR

MENÇÃO HONROSA

Autor: Fábio Domingos Batista
Equipe: Igor Costa Spanger, Luciano Suski, Moacir Zancopé Junior e Paulo Chiesa
Local: Curitiba, PR

www.iabprconcursos.com.br

Publicada originalmente em ARCOweb em 12 de Setembro de 2017
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora