Opera Prima 2011

Conheça os premiados
na 23ª edição

 

As aulas nem bem se iniciam e os estudantes já estão pensando, planejando, conversando, montando equipes e se preparando para participar do Opera Prima. E quem viabiliza tudo isso? Há quantos anos? E há quantas edições?

Poucos sabem do imenso trabalho necessário para toda essa realização. Poucos sabem quem são os responsáveis por todo esse processo. A cada edição há um grupo enorme de pessoas que viabiliza, com muita dedicação, esse evento  de tamanha importância para a educação e para a cultura arquitetônica brasileira.

Aos colegas do IAB, da revista PROJETO DESIGN e da Joy Eventos manifesto nossos sinceros agradecimentos. 

Parabéns por mais essa conquista, por mais esta edição sem nenhum patrocínio. Muito obrigado aos nossos parceiros, aos organizadores, aos coordenadores, aos consultores, aos jurados e a todos os envolvidos que, sem remuneração, dedicaram um longo e precioso tempo em favor dos estudantes brasileiros de arquitetura.

A cada um dos participantes e premiados nosso reconhecimento e votos de incentivo, nossos parabéns e felicidade na construção de sua história profissional.

Gilson Paranhos - Presidente do Instituto de Arquitetos do Brasil

 
 

Esta edição do Opera Prima contou com a participação de 397 trabalhos de 126 cursos de arquitetura, sendo 104 projetos provenientes da Região 1 (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná), 140 da Região 2 (São Paulo), 33 da Região 3 (Espírito Santo e Rio de Janeiro), 47 da Região 4 (Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe) e 73 da Região 5 (Acre, Amapá, Amazonas, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins). 

O julgamento ocorreu entre 14 e 16 de junho na sede do IAB/SP e, na primeira etapa, selecionaram-se cem trabalhos, dos quais 25 foram classificados para a fase final do julgamento. O júri foi composto pelos arquitetos Edson Fioreti (ES), Cláudio Manguinho (PE), Igor Campos (DF), João Honório de Mello Filho (SP) - em substituição a Beatriz Giorgi - e João Virmond Suplicy Neto (PR) - em substituição a Claudionor Beatrice. Os consultores do concurso foram os arquitetos Edson Elito e Pedro Antonio Galvão Cury, do IAB.

Confira abaixo os vencedores desta edição:

Escola Técnica Navegantes - Gabriel Lima Giambastiani

Edifício Estudantil na Praça da República - Alfonso Simelio Jurado

Abrigo Efêmero Portátil de Caráter Emergencial - Giovana Savietto Feres

Complexo Cultural na Mooca - Vanessa Castilho

Onco.Casa - Hospital Oncológico - Priscila Oliveira Magno Neves

Menções Honrosas

Texto de Evelise Grunow| Publicada originalmente em Projeto Design na Edição 378
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora