Opera Prima 2007

Conheça os projetos premiados na 19ª edição

OPERA PRIMA é o evento anual da maior importância para a arquitetura brasileira. Tem servido de ponte entre a comunidade universitária e a comunidade profissional, dando aos formandos a oportunidade de testar os conhecimentos adquiridos em projetos que abordem temas atuais, dentro da realidade brasileira, e possibilitando uma visão e uma postura mais real das dificuldades e dos desafios que irão encontrar no mercado de trabalho, hoje bastante competitivo.

A participação é aberta aos alunos formandos em arquitetura e urbanismo, obedecendo a orientação didática dos respectivos cursos, no que se refere a tema, conteúdo e desenvolvimento, tanto de projetos de edificações de qualquer porte como de planejamento, urbanismo, pesquisa histórica, restauração, trabalhos técnicos ou de crítica, desenho industrial ou qualquer outra área dentro das atribuições profissionais dos arquitetos e urbanistas.

QUALIDADE E REPRESENTATIVIDADE
Mais uma vez chegamos à conclusão de uma edição do concurso Opera Prima, um dos mais tradicionais prêmios concedidos a estudantes de arquitetura de todo o país. Para nós, do Instituto de Arquitetos do Brasil, a participação na organização desse evento proporciona uma das maiores satisfações, pois estamos contribuindo e colaborando com as novas gerações, com nossos mais novos colegas e com o futuro da profissão.

A cada ano é crescente não só o número de participantes, como também a qualidade dos trabalhos selecionados. Eles traduzem a grande diversidade de nosso território, com propostas representativas de cada região. No ano que vem comemoraremos, com grande festa e alegria, os 20 anos de realização do Opera Prima. Até hoje muitos arquitetos ostentam com orgulho seus trabalhos vencedores do concurso de estudantes, e se recordam com alegria desse período.

Para o Instituto de Arquitetos do Brasil, que comemora 86 anos de existência, as quase duas décadas do Opera Prima são o reflexo da juventude que brilhará no futuro de nossa entidade, com competência e conhecimento. Esse é o papel dessa premiação, da qual o IAB se orgulha de compartilhar, sem esquecer de agradecer a todos os colaboradores e à Braskem, pela confiança no futuro de nossa profissão.

Gilberto Belleza - Presidente nacional do Instituto de Arquitetos do Brasil


RESPOSTA CRIATIVA
A criatividade é um traço marcante da arquitetura brasileira, assim como a capacidade de encontrar soluções adequadas para os desafios da nossa realidade socioeconômica, tão cheia de contrastes. Por acreditar na vocação dos jovens deste país para concretizar novas idéias e construir um futuro cada vez mais sólido e promissor, a Braskem apóia há cinco anos o concurso Opera Prima/Projetando com PVC, voltado aos formandos das faculdades de arquitetura e urbanismo do Brasil.

A resposta dos jovens profissionais a esse estímulo tem sido a mais criativa possível, propondo projetos arrojados em conceitos arquitetônicos e urbanísticos e ainda na aplicação de sistemas construtivos inovadores, tais como o ConcretoPVC, que se apresenta ao mercado como um sistema de grande versatilidade e desempenho. O Concreto PVC passa a oferecer ao arquiteto e ao engenheiro uma nova maneira de projetar e construir. Foi nesse sentido que a Braskem criou a categoria especial Projetando com PVC, pensando em estimular a aplicação desse material tão versátil.

O sucesso do Opera Prima só se tornou possível graças ao apoio de professores e orientadores, a quem a Braskem presta homenagem pela qualidade dos profissionais que ajudaram a formar e que agora chegam ao mercado. Nosso reconhecimento também ao IAB, à revista PROJETO DESIGN e à Joy Eventos, pioneiros na organização desse prêmio.

Luís Felli - Vice-presidente da Braskem S.A.


Esta edição do Opera Prima contou, incluindo a categoria Projetando com PVC, com 527 trabalhos de 121 escolas brasileiras, sendo 145 projetos provenientes da Região 1 (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná), 179 da Região 2 (São Paulo), 48 da Região 3 (Rio de Janeiro e Espírito Santo), 62 da Região 4 (Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe) e 93 da Região 5 (Amazonas, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará e Tocantins). Cem trabalhos foram selecionados para a fase final, conforme o regulamento da premiação. Para a categoria especial Projetando com PVC foram classificados cinco trabalhos, dos quais dois receberam prêmios oferecidos pela Braskem.

COMISSÃO JULGADORA
O júri da fase final do Opera Prima foi integrado pelos arquitetos Enrique Hugo Brena Nadotti (SC), Marcos Antônio da Rocha Vieira (AL), Mauro Almada (RJ), Miguel Juliano (SP) e Renato Rocha (GO). Na categoria especial Projetando com PVC, à comissão julgadora integraram-se ainda José Carlos Pierucetti e Murilo de Barros Feltran.

Confira abaixo os premiados desta edição:

MAC/RS - Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul - Fernando Balvedi Silveira

Quadra dos Artistas, Habitação para Revitalização - Camila Strauss

Albergue do Recife, Restauração com Reabilitação - Giselle Cavalcanti Silveira

Reurbanização da Vila do Acaba Mundo - Carolina Machado da Silva Pinhel

Entre o Plano e o Projeto Urbano, Proposições em uma Cidade Pequena, Rio Preto, Minas Gerais - João Paulo César de Figueiredo

Menções Honrosas:

Categoria especial - Projetando com PVC:


Texto de Evelise Grunow| Publicada originalmente em Projeto Design na Edição 330
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora