ArcoWeb

Ruy Ohtake: Residência, Valinhos, SP

Requinte austero no espaço doméstico

Dos sinais evidentes de que esta é uma casa projetada por Ruy Ohtake, destacam-se dois, de natureza formal: a dupla curvatura - em corte e em vista - das vigas frontais de concreto e o desenho orgânico, no qual figuras coloridas e coplanares ornamentam as aberturas da edificação monolítica.

Fichas técnicas
Fornecedores
Plantas, cortes e fachadas
O partido monolítico da implantação é contrabalançado pela generosidade da área externa de lazer
O partido monolítico da implantação é contrabalançado pela generosidade da área externa de lazer
Requinte austero no espaço doméstico
Dos sinais evidentes de que esta é uma casa projetada por Ruy Ohtake, destacam-se dois, de natureza formal: a dupla curvatura - em corte e em vista - das vigas frontais de concreto e o desenho orgânico, no qual figuras coloridas e coplanares ornamentam as aberturas da edificação monolítica.

Autor consagrado de projetos de variadas escalas e programas, como o Hotel Unique e o Instituto Tomie Ohtake, ambos em São Paulo, o arquiteto Ruy Ohtake é seletivo quando desenha casas.

“Projeto em média duas residências por ano”, ele relata, “para não perder a familiaridade com o espaço doméstico.”

A criação zelosa ganha ares de requinte austero nesta residência localizada em condomínio fechado em Valinhos, na Região Metropolitana de Campinas.

Com um volume único e regular de concreto, o projeto se alimenta de contrapontos imediatos: a forma geral é contínua e aparentemente linear, mas as dimensões e curvaturas acentuadas das vigas frontais de travamento sugerem, ao contrário, tridimensionalidade rebuscada.

O perfil orgânico das vigas duplamente curvadas dá tridimensionalidade à volumetria do projeto
O perfil orgânico das vigas duplamente curvadas dá tridimensionalidade à volumetria do projeto
A residência está implantada no alto do terreno em aclive
A residência está implantada no alto do terreno em aclive

Da mesma forma, se o predomínio do concreto aparente nas superfícies internas e externas dissimula os limites da casa, acentuando a sensação de horizontalidade ou de fundo infinito, é vertical o elemento articulador e de destaque nos interiores: uma grandiosa rampa circular e escalonada que, deslocada de qualquer eixo simétrico, está constituída por concreto, vidro e madeira.

“O essencial é pesar a proporção”, define Ohtake, dando pistas de que há mais do que a despretensiosa simplicidade com que ele apresenta o projeto. O arquiteto se refere em particular à esbelteza estrutural do concreto, presente tanto na pouca espessura da casca hermética que conforma a edificação quanto nos modestos 20 centímetros dos seus dois únicos pilares, alinhados com a fachada frontal.

O volume da casa é gerado por uma espécie de fita ou casca contínua de concreto que, com seu traçado cônico, arremata o vértice em bico do terreno com acentuado aclive. Essa forma regular e arredondada, aliada à estratégica implantação no terço posterior e mais elevado do lote, define o ponto focal para onde se volta a edificação: a bela área frontal e externa de lazer ao ar livre.

O projeto prescinde de recursos para a intermediação de ambientes internos e externos. Não há pátios, volumes inter‑relacionados, reentrâncias ou beirais sobressalentes, apenas a relação estanque dentro/fora que as vigas esculturais da fachada fazem questão de enfatizar.

Recortes coloridos e coplanares de concreto sinalizam a descontração típica da obra de Ohtake
Recortes coloridos e coplanares de concreto sinalizam a descontração típica da obra de Ohtake
As vigas onduladas da fachada delimitam verticalmente os terraços social, no térreo, e privativo, no andar superior
As vigas onduladas da fachada delimitam verticalmente os terraços social, no térreo, e privativo, no andar superior

Nesse sentido, o ponto alto do projeto é mesmo o domínio privado, doméstico, ou seja, a grandiosidade do ambiente interno. No térreo, a grande sala de estar é interrompida em alguns pontos por paredes ou balcões coloridos desenhados por Ohtake - que há tempos transita com desenvoltura nas escalas arquitetônica e do objeto -, embora prevaleça em primeiro plano a visualização da parede exterior contínua, de concreto aparente.

Prepara-se a cena, portanto, para a profusão de curvas da rampa escalonada localizada num canto posterior da sala. Sua proporção grandiosa é valorizada pela luz zenital proveniente do teto circular de vidro, assim como pelo desenho sinuoso da abertura que interliga visualmente os dois andares.


Texto de Evelise Grunow
Publicada originalmente em PROJETODESIGN
Edição 375 Maio de 2011

Ruy Ohtake Ruy Ohtake (FAU/USP, 1960) tem mais de 300 obras executadas no Brasil e no exterior. Entre elas, destacam‑se o Alvorada Hotel, em Brasília, e o Parque Ecológico do Tietê, em São Paulo. No exterior, são de sua autoria o projeto da Embaixada do Brasil e da residência do embaixador em Tóquio e os jardins e o Museu Aberto da OEA nos Estados Unidos. Atualmente desenvolve, entre outros, os projetos do Aquário Pantanal e da revitalização da orla de Bertioga, no litoral paulista
A espiral da rampa parece se estender ao desenho curvo da abertura zenital
A espiral da rampa parece se estender ao desenho curvo da abertura zenital
A volumetria elíptica tira partido da forma cônica do terreno
A volumetria elíptica tira partido da forma cônica do terreno
O concreto aparente conforma as paredes internas e externas de vedação, assim como o corpo da rampa
O concreto aparente conforma as paredes internas e externas de vedação, assim como o corpo da rampa
O volume generoso da escada se destaca no pavimento térreo
O volume generoso da escada se destaca no
pavimento térreo
Elemento articulador do projeto, a rampa tem internamente fechamento de concreto e, externamente, de vidro
Elemento articulador do projeto, a rampa tem internamente fechamento de concreto e, externamente, de vidro

Texto de Evelise Grunow| Publicada originalmente em Projeto Design na Edição 375

PROJETOdesign e FINESTRA agora também para tablets!
Grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nossos conteúdos também em tablets e sem custo extra.

Assine agora