Königsberguer Vannucchi Arquitetos Associados: Residencial Vistta Alto da Lapa, SP

Fachada dá movimento à arquitetura

Localizado no Alto da Lapa, bairro nobre da zona oeste da cidade de São Paulo, o conjunto residencial Vistta Alto da Lapa, projeto do escritório Königsberguer Vannucchi Arquitetos Associados, recebeu tal nome devido à visão privilegiada que os proprietários terão da cidade

Na rua Jorge Americano, Alto da Lapa, o projeto do escritório Königsberguer Vannucchi Arquitetos Associados integra-se à paisagem, já caracterizada pelo uso residencial em edifícios que vaão até 30 andares, onde será implantado no lote de 4200 metros quadrados, situado em ponto alto do relevo da região - característica que, inclusive, nomeou o empreendimento como Vistta Alto da Lapa.

Segundo os arquitetos responsáveis, o desafio foi conciliar o melhor aproveitamento do terreno com uma construção de custos razoáveis, somando a uma arquitetura que se inserisse naturalmente no entorno imediato, porém com destaque contido.

Para tanto, o melhor aproveitamento se deu pela verticalização do edifício em 27 pavimentos – gabarito em acordo com a legislação anterior ao atual Plano Diretor Estratégico de São Paulo. A altura e a presença da vila lindeira ao lote exigiu, portanto, recuos que resultaram em um edifício esbelto. Para garantir a estabilidade da estrutura de concreto moldado in loco, a planta sofreu alterações em relação à configuração inicial para viabilizar a criação de pórticos estruturais.

Como destaque do projeto, está a proposta volumétrica dos terraços com ângulos variando, sutilmente, a cada andar e funcionando como identidade visual ao edifício. Na verdade, a ideia já era pensada pelo escritório mesmo antes deste projeto, porém ficou reservada para a ocasião que lhe coubesse.

“Inicialmente a variação proposta era mais acentuada e dramática, mas para fins de logística de obra e layout interno das varandas, foi reduzida, o que a deixou mais sutil, porém mais elegante”, afirma Alexandre Daud, arquiteto Associado Sênior do escritório Königsberger Vannucchi.

Mesmo com um programa comum para as dependências condominiais – salão de festas; churrasqueira; fitness; playground; brinquedoteca; piscina adulto coberta e descoberta; e piscina infantil -, as unidades residenciais se destacam por apresentarem ampla área útil. Essas tipologias variam de 218 a 370 metros quadrados, sendo a maior medida destinada às unidades duplex.



Texto de Daniela Elston| Publicada originalmente em Projeto Design na Edição 447
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora