Gustafson Porter + Bowman recria entorno da Torre Eiffel com BIM

Após competição, a Prefeitura de Paris anunciou a equipe britânica Gustafson Porter + Bowman como vencedora para reconstruir os arredores da Torre Eiffel


(Imagem: Gustafson Porter + Bowman)

O escritório britânico Gustafson Porter + Bowman foi nomeado vencedor da competição que irá reconstruir o entorno da Torre Eiffel – recorte que inclui Jardins do Trocadéro, Champ de Mars, assim como a própria esplanada do monumento. O anúncio foi feito pela prefeita de Paris, Anne Hidalgo, juntamente a Jean-Louis Missika e Jean-François Martins, vice-prefeitos da cidade.

O objetivo com a renovação da área, na verdade, é receber os Jogos Olímpicos de Verão de 2024 e outros grandes eventos que acontecerão na região, como a Exposição Universal 2025 e a Taça do Mundo de Rugby 2026, e busca não apenas melhoria em aspectos estéticos, mas também de infraestrutura, como os relacionados à energia, áreas verdes, redes de abastecimento, mobilidade, logística, gerenciamento de resíduos, segurança e drenagem.

A competição só foi possível graças à parceria entre a Autodesk e a Prefeitura de Paris, que disponibilizou um modelo 3D, com recorte de 2,4 quilômetros quadrados, criado a partir da tecnologia BIM (Building Information Modeling). Tal modelo foi revelado juntamente à seleção das quatro equipes que disputariam o redesenho da área: Gustafson Porter + Bowman e BIM Services; AL_A e Quatorze-ig; Agence ter e Arcadis; e KOZ Architectes.

"A Autodesk se orgulha de ter apoiado, ao longo de um ano, o projeto conduzido pela prefeitura de Paris e as quatro equipes selecionadas para a competição, em torno deste projeto de grande escala, único no mundo. O uso de um modelo digital inteligente, ferramentas de visualização 3D imersivas e metodologias colaborativas aceleraram significativamente a tomada de decisões e reduziram erros potenciais. Assim, os membros do júri foram capazes de mergulhar virtualmente nos projetos para visualizar todas as etapas propostas, além de sentir e experimentar a jornada futura dos visitantes. Parabenizamos à cidade de Paris por seu compromisso com este desafio digital, a equipe vencedora e todos os finalistas por adotarem métodos que ilustram o futuro da arquitetura e da construção civil ", disse Nicolas Mangon, vice-presidente de Negócios e Marketing da Autodesk.

Com a divulgação dos quatro projetos em formato 3D, a Prefeitura de Paris acredita reduzir a margem de erro para implantação da proposta vencedora. Dessa forma, a ideia também é garantir o envolvimento público no processo, convidado a compartilhar seus respectivos comentários sobre as propostas – os quais deverão serem considerados pela equipe vencedora para possíveis modificações no projeto em sua futura implementação. O processo ainda busca garantir a licença de construção até o início de 2020, quando a revitalização poderá ter início. Durante um mês, os projetos estarão expostos no Pavillon de l'Arsenal.

Confira as quatro propostas enviadas e, por último, o vídeo do processo de elaboração do modelo 3D.


Vencedor: Gustafson Porter + Bowman

Amanda Levete Architects


KOZ Architectes


Agence Ter


Processo de elaboração do modelo 3D

Publicada originalmente em ARCOweb em 27 de Maio de 2019
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora