Museu das Cadeiras Brasileiras reúne obras de grandes designers

Desde o fim de 2018, o local abriga peças desenhadas por José Zanine Caldas, além de criações de Humberto Campana, Paulo Alves, Aida Boal e Carlos Vergara, entre outros


Fachada do Museu das Cadeiras Brasileiras com parte de seu acervo à frente (Foto: Ruy Teixeira)
Em funcionamento desde o final de 2018, o Museu das Cadeiras Brasileiras (MuC) ocupa o endereço da antiga residência de José Zanine Caldas (1919-2001), um casarão na cidade de Belmonte, litoral sul da Bahia. É fruto de uma iniciativa de seu filho, o designer Zanini de Zanine, em parceria com Daniel Katz, da Katz Construções, e com a Secretaria de Cultura e Turismo de Belmonte.

A organização do acervo coube a Christian Larsen, curador do The Metropolitan Museum of Art de Nova York, que buscou destacar a história desse móvel e seu importante papel social ao selecionar para o museu dezenas de cadeiras icônicas assinadas por renomados artesãos e designers do Brasil: Humberto Campana, Paulo Alves, Carlos Vergara, Aida Boal, Joaquim Tenreiro, Carol Gay, Claudia Moreira Salles, Domingos Totora, Estevão Toledo, Etel Carmona, Fernando Mendes e Flávio Franco. Está previsto que, aos exemplares de mobiliário, somem-se itens significativos da trajetória de Zanine Caldas: desenhos, fotografias e maquetes do profissional conhecido pela atuação como designer, mas também arquiteto (honoris causa), artesão e maquetista.

Para o jornal baiano Correio e o Nexo Jornal, Zanini de Zanine disse que o objetivo da criação do museu é: “(...) transformar o espaço em um centro de referência para estudantes e profissionais de arquitetura e design e em endereço da produção do design brasileiro”.

Museu das Cadeiras Brasileira
Visitação quarta-feira a sexta-feira
Horário das 9h às 12h e das 14h às 17h. Aos sábados e domingos, conforme agendamento pelos telefones (73) 99811-4261 e (73) 98107-1102



Publicada originalmente em ARCOweb em 28 de Janeiro de 2019
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora