GPA&A: Restaurante OssO, Nova Lima, MG

Transparências para ver a paisagem e a parrilha

Instalado em um centro comercial, o espaço exibe panos de vidro para maximizar a fruição dos visuais do entorno - um amplo vale em frente -, além de acabamentos que exploram as referências a fogo e carne

(Foto: Jomar Bragança)

Acompanhando a expansão de Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte, MG, o restaurante Osso ganhou uma nova unidade na Vila da Serra, concebida pela equipe do GPA&A. A demanda incluía instalações com capacidade para 250 pessoas, com localização prevista para um pequeno shopping center local. Contava a favor da criatividade o fato de que o futuro endereço da rede poderia ter identidade própria, sem necessidade de seguir uma linguagem pré-estabelecida.

O projeto concebido por Gustavo Penna e sua equipe surgiu, então, a partir de um exercício descrito por ele como "uma pausa epicurista", com foco no prazer, no bem-viver. Amparado pelo perfil flexível e descontraído dos clientes, Gustavo se atreveu a uma bricadeira com a arquitetura - em vez de elaborar um discurso arquitetônico austero. "Nesse caso foi menos um discurso e mais uma conversa de botequim", diverte-se.

A ênfase sensorial determinou o destaque às chamas, à carne - afinal, trata-se de uma churrascaria. Ou seja, todas as atenções voltadas para a parrilha. Verdadeiro coração do projeto, a enorme grelha flamejante surgiu emoldurada por um pano de vidro que deixa ver a vibração da cozinha toda. Desse braseiro, também, derivou o conceito para todos os elementos que compõem o espaço: o fogo se faz presente nas cores das paredes e do forro, assim como na tonalidade âmbar da iluminação, trazendo aos comensais um clima aconchegante. Típicos das facas e das tábuas de carne, o aço e a madeira foram integrados na estrutura, nos balcões e no mobiliário. Referências diretas à especialidade culinária do estabelecimento ganharam vez com os painéis revestidos de couro de vaca, que desenham um peculiar pano de fundo.

A implantação, numa extremidade do centro comercial, com a frente voltada para um amplo vale, ditou a máxima transparência. "Pensamos em um lugar totalmente extrovertido, ali tudo é aberto", resume o arquiteto. Ele cita ainda como importante para o resultado a mescla entre soluções e elementos rústicos e contemporâneos. Do ponto de vista do programa, essa intenção se traduziu na inclusão de uma descontraída varanda com mesinhas, ladeada por um estacionamento descoberto. "Sim, às vezes somos obrigados a tomar chuva", provoca outra vez Gustavo Penna.

Quanto aos materiais, o toque atual - embora singelo - fica por conta dos painéis vazados, fixados ora nas divisórias, ora no teto - em variações de amarelo, vermelho e laranja, remetendo à coloração das chamas. Para esse revestimento rendilhado, a equipe de projeto encomendou um material plástico normalmente usado como piso permeável por sobre o gramado - aqui, com a paleta de cores alterada sob medida. Coringa na definição dos interiores, esse componente (leve, gráfico e de fácil manutenção), comprovou sua versatilidade ao compor uma superfície multifunção que esconde parcialmente as instalações, os painéis acústicos (de espuma revstida com tecido claro, para a reflexão da luz) e ainda ajuda a filtrar a iluminação.

Produzido exclusivamente para o restaurante, o mobiliário emprega mesas feitas com réguas de eucalipto tratado quimicamente e assentos em couro ecológico. As cadeiras foram feitas com estrutura de aço, assento e encosto em chapa do mesmo metal.



Ficha Técnica

Restaurante Osso, Nova Lima – MG

Ano do projeto 2016
Ano de conclusão da obra 2017
Área total construída 508 m²

Arquitetura Gustavo Penna Arquiteto & AssociadosGustavo Penna (autor), Norberto Bambozzi, Laura Penna, Letícia Carneiro, Alice Leite Flores, Fernanda Tolentino, Henrique Neves, Gabriel de Souza, Eduardo Magalhães, Julia Lins, Ada Penna, Larissa Freire, Sávio de Oliveira, Rodrigo Gomes (equipe), Gustavo Monteiro, Wesley Gonzaga, Caio Vieira, Mariana Carvalho, Rafaela Renno, Felipe Franco (estagiários), Isabela Tolentino, Marina Gonçalves Duarte (gestão e planejamento), Diana Penna, Tamiris Bibbó (comunicação)
Fotografia Jomar Bragança

Construção e gerenciamento da obra EPO Engenharia/engenheiro da obra Gustavo Arruda
Projeto estrutural, fabricação e montagem da estrutura metálica Techneaço/engenheiro Carlos Costa
Projeto dos painéis design da Greco Design e produção da Euro Injet
Projeto Luminotécnico Arquitetura e Luz/arquiteta Sônia Mendes
Automação e Sonorização Tecai Automação, Áudio e Vídeo
Projeto de mobiliário Prodomo Design/designer Grácia Mendes e OMN Studio/designer Olavo Machado Neto

Fornecedores

Painéis plásticos Grim Grid, da Grim Plásticos
Serralheria
 JB Serralheria
Equipamentos de iluminação Templuz

Publicada originalmente em ARCOweb em 29 de Março de 2019
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora