Concurso aberto para residencial em Curitiba

Incorporadora paranaense lança edital de concurso aberto para o projeto de seu primeiro empreendimento,
um edifício residencial em Curitiba (PR)

Imagem feita com drone do futuro local do empreendimento (Foto:divulgação Weefor).

Recebida com surpresa em um segmento no qual predominam concursos de projetos destinados à realização de obras públicas, a iniciativa da incorporadora Weefor se destaca em um terreno pouco explorado - afinal, a empresa estreia propondo um concurso aberto para a construção de um edifício residencial privado em Curitiba (PR).

Os princípios que norteiam a realização desse 1o Concurso Aberto dão corpo a um manifesto (disponível no site Weefor Arq), no qual a empresa paranaense ressalta a importância de ações colaborativas e da inovação para modificar a sociedade, melhorar os espaços e as cidades - em oposição às forças do mercado.

O edital foi lançado em 7 de janeiro, em parceria com a Associação Paranaense dos Escritórios de Arquitetura (AsBEA/PR), e já acumula mais de 80 inscrições vindas de 13 estados brasileiros, indicando grande receptividade. Os projetos devem ser enviados entre os dias 10 a 17 de março.

A ideia surgiu do desejo de estabelecer um processo de trabalho inclusivo e plural, com ênfase na arquitetura de qualidade, além de incorporar de maneira menos convencional. Considerou-se que um concurso aberto seria efetivo para driblar a difícil tarefa de escolher o melhor arquiteto para o empreendimento - nesse caso, como a avaliação ocorre às cegas, privilegia-se a qualidade do projeto apresentado, a despeito de o profissional ter maior ou menor experiência e visibilidade no mercado.

Após a recepção das propostas, elas serão avaliados por um júri composto por Lua Nitsche (sócia do escritório Nitsche Arquitetos Associados), Pedro Wada (editor do ArchDaily Brasil), Keiro Yamawaki(ex-presidente da AsBEA/PR), Luiz Augusto Brenner Rose (diretor da Imobiliária Lopes), Maria Eugenia Fornea (fundadora e diretora da Weefor), além de Fernando Mungioli (publisher da revista PROJETO), que comenta: "Acho fantástica a iniciativa de promover um concurso aberto para um empreendimento residencial privado. Para obras como essa, o comum é a contratação direta por construtoras e incorporadoras - em inúmeras vezes na contramão da boa arquitetura, salvo raras exceções. Nesse contexto, nos alegra muito participar desse processo e colaborar, pois acreditamos que isso amplia as possibilidades de análise sobre o produto final, sua influência sobre a cidade e o entorno. Ainda, mostra a abertura da Weefor para a boa arquitetura nacional, somando-se a poucas iniciativas desse tipo em solo nacional".

Os três melhores trabalhos serão destacados e o autor (mais equipe) da proposta vencedora será contratado para desenvolver o projeto arquitetônico executivo do empreendimento. O resultado será divulgado no dia 12 de abril e a estimativa é a de que as obras tenham início em 2020.

Pioneiro, esse será o primeiro empreendimento da empresa erguido com base em um concurso. A intenção é que os demais também sejam feitos desse modo. Os valores captados com as inscrições (R$ 50 cada uma) serão convertidos em doações para a ONG TETO, que ajuda a construir infraestrutura e moradias emergenciais em comunidades carentes.

Saiba mais detalhes do concurso aqui

Publicada originalmente em ARCOweb em 21 de Janeiro de 2019
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora