Ciclovias de Curitiba terão pisos geradores de energia

Tecnologia japonesa utilizará a eletricidade gerada pelo fluxo de ciclistas para ativar sistema inteligente de sinalização em cruzamentos

Foto: Cesar Brustolin/SMCS

As ciclovias de Curitiba, no Paraná, receberão no piso uma tecnologia inédita no país, que produz eletricidade a partir do som e da vibração do fluxo de bicicletas, ou seja, quanto mais pessoas pedalando, mais energia será produzida.

A porção de eletricidade gerada será relativamente pequena, porém, suficiente para acionar a sinalização luminosa nos cruzamentos das ciclovias com as vias de trânsito, além dos sensores de coleta de informações de fluxo.

O piso gerador de energia faz parte de um projeto de iluminação inteligente nas ciclovias, que resulta do acordo de cooperação entre a prefeitura da capital paranaense e a empresa japonesa Soundpower Corporation, por meio da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica) e do ministério da indústria japonês.

O projeto começará a ser testado no segundo semestre deste ano, com previsão de implantação da tecnologia em 18,5 quilômetros de ciclovias (trechos compartilhados nas vias públicas, como as ciclofaixas, não serão contemplados). A iniciativa é financiada pela empresa japonesa e não terá custo para a prefeitura. 

Segundo Fábio Ribeiro de Camargo, diretor de Iluminacão Pública da prefeitura, um dos objetivos do projeto é dar mais segurança às ciclovias. Assim, como ele explica, será possível melhorar a sinalização em pontos críticos, monitorar os trechos com maior fluxo e, consequentemente, ter uma melhor percepção para nortear o planejamento e melhoria do sistema. 

Com informações da Gazeta do Povo

Publicada originalmente em ARCOweb em 26 de Julho de 2018
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora