ArquiMemória começa nesta segunda-feira (27) na capital baiana

Evento será realizado em edifícios históricos tombados no Campo Grande, Centro e arredores de Salvador. Especialistas de 20 países participam do fórum preparatório para Congresso Mundial de Arquitetos de 2020

Foto: Divulgação 

A partir da próxima segunda-feira, 27 de novembro, a capital da Bahia irá se transformar em um grande fórum de discussões sobre a preservação do patrimônio edificado. Trata-se do ArquiMemória 5, evento realizado pelo Instituto de Arquitetos do Brasil - Departamento da Bahia (IAB-BA) e Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia.

Os profissionais interessados em participar podem se inscrever no site do evento. As discussões do ArquiMemória 5 se estendem até 1º de dezembro, tendo como tema “O global, o nacional e o local na preservação do patrimônio”, e contarão com a participação de especialistas de 20 países.

A programação está dividida em três eixos: A circulação de conceitos e teorias; Instituições e sociedade: global, nacional e local; e Projeto e tecnologia: formação e prática. Estão programadas conferências, mesas redondas temáticas, sessões de comunicações, colóquios temáticos, exposição de projetos e uma feira temática.

No primeiro dia, David Barragán, representante do Al Borde, coletivo de arquitetos do Equador (na foto abaixo, os membros do grupo), falará sobre "Casa em Construção" - projeto de restauração e reconfiguração de uma residência no Centro Histórico de Quito, convertida em sede do Al Borde. O coletivo segue os princípios do fazer muito com pouco - a recuperação do imóvel foi realizada a partir desse direcionamento.

No dia 28, pela manhã, o assunto "Projeto e Canteiro: Experiências Recentes na Itália e no Brasil" contará com palestras de Marco Dezzi Bodeschi, professor de Restauração Arquitetônica do Politécnico de Milão, Maria Margarita Segarra Lagunes, professora da Universidade de Roma, Giacomo Pirazzoli, professor da Universidade de Florença, e Luiz Fernando de Almeida, diretor do Instituto Pedra e ex-presidente do Iphan.

Os desafios da preservação do patrimônio dos séculos 20 e 21 serão abordados nas palestras do dia 29, pela manhã. Ana Amendoeira, diretora regional de Cultura do Alentejo (Portugal), Francisco Vidargas, subdiretor de Patrimônio Mundial do Instituto Nacional de Antropologia e História do México, e Flávio Carsalade, da Universidade Federal de Minas Gerais, serão os conferencistas.

Com apoio do Iphan, Governo da Bahia, Capes, CNPq, CAU/BR e CAU/BA, o ArquiMemória 5 faz parte da programação preparatória para o 27º Congresso Mundial de Arquitetos, que será realizado no Rio de Janeiro em 2020 e que tem a expectativa de reunir cerca de 15 mil profissionais.


ArquiMemória 5 - O global, o nacional e o local na preservação do patrimônio
Local Salvador, Bahia
Data
 27 de novembro a 1º de dezembro
Mais informações e inscrições http://iab-ba.org.br/arquimemoria5



Publicada originalmente em ARCOweb em 24 de Novembro de 2017
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora