Concurso para residencial em Curitiba inicia votação online

O Primeiro Aberto de Arquitetura Weefor Arq - promovido pela incorporadora Weefor em parceria com a AsBEA/PR -, convida à participação de todos. A ideia é que os interessados escolham, pelo site, o projeto ganhador na categoria votação pública


Lançado em 7 de janeiro de 2019, o edital do concurso, realizado pela incorporadora curitibana em parceria com a Associação Paranaense dos Escritórios de Arquitetura (AsBEA/PR), pretende escolher a melhor proposta para o projeto de um edifício residencial a ser erguido em terreno de de 1 383 metros quadrados no Bairro Água Verde na capital do Paraná - no qual o uso de espaços compartilhados, jardins integrados, novas modulagens, industrialização de sistemas construtivos e respeito ao contexto urbano e à comunidade fossem levados em consideração.

Do início do processo até a decisão do júri, houve 204 inscritos de 16 estados do Brasil, 146 deles foram homologados e 87 enviaram suas propostas. O encontro para a seleção dos projetos, ocorrido neste sábado, 23 de março, em Curitiba, reuniu Lua Nitsche (sócia do escritório Nitsche Arquitetos Associados), Pedro Vada (editor do ArchDaily Brasil), Keiro Yamawaki (ex-presidente da AsBEA/PR), Luiz Augusto Brenner Rose (diretor da Imobiliária Lopes) e Maria Eugênia Fornea (fundadora e diretora da Weefor), além de Fernando Mungioli (publisher da revista PROJETO), que, juntos, escolheram o ganhador e as menções honrosas - o anúncio ocorrerá no dia 13 de abril.

Composta por profissionais de extrema relevância, oriundos de diferentes áreas (arquitetos, imprensa e mercado imobiliário), a comissão julgadora se surpreendeu positivamente com o elevado número de projetos de altíssima qualidade, chegados de diferentes partes do país."Foi muito enriquecedor conseguir trazer tantas visões para a definição do empreendimento. Sem dúvida, revimos o conceito do que seja um projeto ideal enquanto incorporadores. O júri proporcionou um debate muito interessante, com pontos e contrapontos que nos levaram a um resultado consistente", avalia Maria Eugênia Fornea, diretora da incorporadora Weefor. "Ao final, todos contribuíram para a análise da melhor solução para a ocupação daquele espaço da cidade de Curitiba. Foi difícil escolher o vencedor!", prossegue.

"Apoiamos a iniciativa desde o início, pois acreditamos na quebra de paradigma proposta pela Weefor, de democratizar a oportunidade de entrada no mercado imobiliário para o maior número possível de arquitetos, principalmente aqueles escritórios que não têm oportunidade nesse segmento. É uma iniciativa ousada e polêmica, mas creio que o nosso papel é justamente fomentar esse tipo de discussão", complementa Fernando Mungioli, publisher da revista PROJETO, a respeito do concurso.

"A ideia do concurso surgiu quando sentimos que precisávamos envolver mais pessoas no processo de definição de ocupação de um espaço da cidade. Não somente por meio dos diversos participantes e olhares, mas também dos diversos especialistas engajados da concepção ao julgamento do concurso. Nesse processo, gostaria de exaltar a parceria com a Asbea/PR", continua Maria Eugênia. "Depois de tudo isso, temos ainda mais certeza de que o melhor modelo para a construção da cidade não é aquele em que o incorporador dita as regras, mas um a ser encontrado por meio de debate, análise e visões de um coletivo de envolvidos que proporcionam um resultado muito mais justo e rico."

Complementando a seleção, está em curso desde 25 de março (segunda-feira), a votação aberta - na qual o público consegue escolher seu favorito, que será contemplado na categoria votação pública.

Conheça os trabalhos e clique no seu favorito acessando o site



Publicada originalmente em ARCOweb em 28 de Março de 2019
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora