SuperLimão Studio e McKinley Burkart: Cervejaria, São Paulo

Entre o industrial e o contemporâneo

Situada em Pinheiros, região oeste de São Paulo, a primeira filial brasileira da cervejaria Goose Island Brewhouse ostenta fachadas marcadas pela contraposição entre as paredes originais da construção e paineis coloridos

Responsáveis pelo projeto no Brasil da cervejaria norte-americana Goose Island Brewhouse, original da cidade de Chicago, os escritórios brasileiro SuperLimão Studio e canadense McKinley Burkart Architects tiveram como missão transmitir ao espaço o conceito de “brewpub”, que é um tipo de bar onde se produz e se consome a própria cerveja.

A marca busca sempre estar inserida em locais sob intensa transformação urbana, portanto, a área escolhida para abrigar a primeira filial no país foi o Largo da Batata, na região oeste da capital paulista - mais precisamente a última casa restante do processo de desapropriações do Metrô (Linha Amarela). 

“Com 10 metros de frente e 40 metros de fundo, a lateral do lote virou a fachada do projeto, bem de frente ao Largo”, explica o SuperLimão Studio em memorial.

No entanto, o imóvel - um depósito de coco do início do século - não apresentava a estética industrial característica da marca, o que exigiu a remoção de intervenções feitas ao longo do tempo buscando revelar sua estrutura original. Materiais como os tijolos originais expostos, concreto e madeira queimada, além da nova estrutura metálica, proporcionaram a linguagem almejada. 

A edificação possui duas fachadas diferentes: a da entrada possui aspecto mais vertical e remete à construção original; já a face do Largo da Batata é mais horizontal e exibe a transformação ocorrida para receber a nova função por meio de um painel do grafiteiro Nove (Digital Orgânico), que imprimiu muitas cores e trouxe brasilidade para o projeto. 

Lidando com dois programas distintos - cervejaria e bar -, SuperLimão Studio e McKinley Burkart Architects tiveram que pensar em soluções, desde questões sanitárias a fluxos, que promovessem a integração espacial. 

O layout está configurado em etapas: no acesso, encontra-se uma recepção, que funciona como loja e conta um pouco da história da Goose Island Brewhouse; em seguida, já é possível ver o grande salão - que tem como pano de fundo a cervejaria; e, ao fundo, uma área externa dividida por grandes portas metálicas - que, quando abertas, viram uma cobertura com o espaço conectando-se ao salão. No lado oposto a esse ambiente, foram criados vãos para a passagem de luz natural.

Também foi projetada uma grande calha com jiboias, que, ao longo do tempo, vão tomando conta das instalações aparentes. No caminho para o segundo pavimento fica uma sala com cervejas especiais envelhecendo em barris. É nesse nível também que estão o biergarten, uma grande área externa protegida por pérgola de madeira com cobertura retrátil e com vista ampla para o Largo da Batata, e um segundo bar. Os outros ambientes são ocupados por áreas técnicas e a cozinha.



Ficha Técnica

Goose Island Brewhouse
Local São Paulo, SP
Ano do projeto 2016
Área construída 750 m²

Arquitetura SuperLimão Studio (Brasil) e McKinley Burkart Architects (Canadá) - Lula Gouveia, Thiago Rodrigues, Antonio Carlos Figueira de Mello, Mark Burkart, Walter McKinley, Jenn Lembke, Landon Anholt, Julia Regis Bittencourt, Pedro Luna, Maria Clara Rodrigues.
Fotos Maíra Acayaba

Publicada originalmente em ARCOweb em 11 de Junho de 2018
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora