Cité Arquitetura: Edifício Pinheiro Guimarães 75, Rio de Janeiro

Ordenação e transição entre o urbano e a natureza

O escritório Cité Arquitetura desenvolveu o projeto desse edifício residencial tendo como premissas o questionamento dos moldes convencionais adotados no local e o aproveitamento das características próprias do lote

O projeto residencial desenvolvido pelo escritório Cité Arquitetura está localizado no bairro de Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro, e faz parte de um processo de valorização e crescimento vertical que tem ocorrido na área nos últimos anos.

Teve como partido, segundo o escritório, estabelecer a relação entre uma rua movimentada e uma mata abundante, de modo a criar transição entre a atmosfera urbana agitada e a natureza silenciosa.

O lote com cerca de 700 metros quadrados no qual o edifício está inserido se destaca pela presença da vegetação na parte posterior, que integra o Parque Municipal Fonte da Saudade. Portanto, um dos primeiros conceitos que os arquitetos buscaram atingir foi o diálogo entre os diferentes elementos que compõem o projeto das fachadas.

A fachada foi desenhada visando ordenar seus diversos elementos. As varandas, janelas e o embasamento são unificados por meio da materialidade empregada em cada grupo e do tratamento cromático.

Os perfis verticais em madeira e alumínio branco na base do prédio se configuram como um filtro em relação à rua. Já o grande plano envidraçado na entrada da edificação garante a continuidade visual entre o hall e o espaço público.

Com a finalidade de aumentar a faixa destinada ao passeio público, o gradil da entrada está recuado. Isso possibilitou a criação de um jardim aberto e voltado para a calçada, que serve como principal elemento de transição entre a rua e o edifício. Dessa forma, explica o escritório, permitiu-se a requalificação e a expansão do passeio público, encorajando a apropriação por parte dos pedestres, bem como o uso de bicicletas nos arredores. 

O projeto de interiores buscou a expansão dos ambientes trabalhando principalmente a paleta de cores. Através da sobreposição de tons claros e escuros foi possível enfatizar as profundidades do espaço. No que se refere aos detalhes, o projeto é minucioso, explorando diferentes texturas – desde o cimentado até a madeira e o tecido - para criar interessantes contrastes de materialidade.

Para complementar a definição dos espaços internos, a proposta de mobiliários foi totalmente integrada ao projeto arquitetônico, como acontece no caso das luminárias escolhidas para o hall de acesso ao edifício.

Com a função de desenvolver um papel fundamental na caracterização e personalização dos espaços coletivos, o projeto integrou a comunicação visual em seu conceito. Mesmo ambientes e equipamentos comuns, como estacionamento e caixas de correio, tiveram tratamento especial, sendo transformados em elementos de destaque no design. 



Ficha Técnica

Edifício residencial Pinheiro Guimarães 75
Local Rio de Janeiro, RJ
Início de Projeto 2013
Conclusão da obra 2017
Área do terreno 683,47 m²
Área construída 2.135,90 m²

Arquitetura  Cité Arquitetura - Celso Rayol e Fernando Costa (autores); Lúcia Andrezo, Beatriz Aguiar, Francisco Meyer, Daniel Osório, Beatriz Oliveira, Zander Vasques, André Caterina, Marcia Rocha, Ana Clara Meireles, Felipe Andrade e Laura Basile (colaboradores)
Construção  FMAC Engenharia
Estrutura GMA Engenharia e Projetos Ltda
Instalações Esquadro
Marketing Total Right
Imagens Archigraph
Fotos André Nazareth

 

Publicada originalmente em ARCOweb em 27 de Março de 2018
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora